segunda-feira, junho 06, 2005

Professores já se mobilizam para dar continuidade à luta, mesmo que a greve não continue!

Os Colegas estão propondo novas formas de luta. Eles responderam às minhas idéias com relação à greve. Essas propostas estão nos comentários sobre os textos:


AVALIAÇÃO DESSE MOMENTO DA GREVE (CLICA AQUI!)

Sobre esse texto (veja os comentários clicando aqui!)

e

VAMOS DAR AULA DE CIDADANIA NA PRAÇA SETE! QUEM SE HABILITA!? (clica aqui)

Se não viu os comentários não deixe de ver aqui as proprostas dos professores nos comentários desse texto (clicando aqui!)

e também esse aqui, que acrescentei depois:
A Incapacidade Administrativa do PT em Geral

Com relação a essas propostas, tenho que avaliar o seguinte:
Primeiro, eu gostaria que a disposição para esse novo formato de luta tivesse uma aceitação maior que a que tivemos com relação à mobilização da greve! Tenho receio de que não façamos que os colegas se mobilizem. Não sei se os colegas que nem tomaram conhecimento da greve vão querer participar, muitos deles, como eu já fiz algumas vezes, mesmo aderindo à greve, nem apareceram nas assembléias e manifestações. Eu não participava porque não concordava que as manifestações ficassem prejudicadas já que as assembléias não terminavam antes das 17:30h e porque (sou um atuador anárquico) tenho restrições a esse discurso característico dos atuais movimentos sindicais. Não sem razão, colegas meus pensam do mesmo jeito. Estão aí nossos ex-colegas vereadores, gestores e deputados que tinham um discurso muito parecido no passado, e hoje nem se dignam a, sequer, citar o nosso movimento em público. Nosso sindicato e movimento precisa incorporar uma visão mais atualizada da categoria, desde que, é claro, nossa elite intelectual também participe dos movimentos, senão não há como mudar, efetivamente, as formas da nossa atuação coletiva. O atual sindicato possui a qualidade de ser um bom ouvinte e de conduzir as assembléias de forma razoável e democrática. É verdade que eles estão ligados a grupos bem tradicionais, mas a gente também não vive sozinho e isso não os desqualifica. Eles representam um setor que tem uma experiência de luta e que precisa ser ouvido, embora não represente, atualmente, a visão hegemônica da categoria. Essa visão nem existe ainda. Minha utopia é que a reconstruíssemos coletivamente, como estamos fazendo agora.
Para mudar nosso movimento e incorporar novas formas de atuação é preciso fazer um esforço no sentido de remobilizar a categoria. O esquema que montei, tem o intuito de congregar esforços com objetivo de disseminar e contagiar os colegas que não pararam e nem se envolvem normalmente com os movimentos, seja com a greve ou com qualquer manifestação, tenham alguma participação e voz.
As propostas que me foram enviadas são fantásticas! Para implementá-las, me coloco à disposição no sentido de manter-nos em contato via ON LINE! Se acaso a greve não continuar, vamos propor uma agenda de trabalho e de reuniões ao sindicato com a finalidade de implementar o que os colegas sugeriram e, por ventura, sugerirem! Todas as idéias são muito boas. Veja nos links logo acima!
Gostaria que todos os interessados, também se inscrevessem no grupo de discussão que criei, não vou moderar as inscrições. Coloquei uma maneira mais direta de fazer essa inscrição no grupo professorpublico@grupos.com.br . Ela se dá de forma automática! Nele, além de outras coisas, podemos trocar e-mails com todos, e receber as mensagens postadas nos blogs. Para se inscrever basta fazer o seguinte: ( CLICA AQUI E SIGA AS INSTRUÇÕES. PARTICIPE! )

1 Comments:

Blogger 'Thought & Humor' said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

11:24 PM  

Postar um comentário

<< Home