sábado, janeiro 21, 2006

Michelle Bachelet Janeiro/2006

Um dos sonhos das mulheres chilenas foi concretizado. A população conseguiu eleger a primeira mulher para presidenta da nação. Mesmo com as chances aumentadas devido à adesão do terceiro colocado à sua campanha, Sebastián Piñera não conseguiu derrubar Michelle Bachelet. Agora ela tem uma dura tarefa a cumprir: prometeu reduzir a desigualdade social no país, o que não é fácil. Carrega um marco histórico que poderá lhe prestar grande auxílio pois, naquele país, o nº de eleitoras do sexo feminino supera o nº de eleitores do sexo masculino. Creio que elas serão as primeiras a querer uma vitória completa para as mulheres.
Que governe, “pero sin perder la ternura”, lembrando-se de que a simplicidade é fundamental. Como dizia Neruda “Y nunca el pan ha dicho: ‘No hay nada como el pan’.(E nunca o pão disse: ’Não há nada como o pão’) – Poema: Li. Isto é simples .
Modesta Trindade Theodoro