quinta-feira, agosto 11, 2005

Chefe de Honra

Jornal O Tempo - 11/08/2005

Chefe de honra

Modesta Trindade Theodoro

Inexistiriam no Palácio do Planalto imensos salões dedicados a presidentes, caso a governança se desse, na grande maioria das vezes, do lado de fora. Seria até interessante se governantes ficassem proseando e observando o modus vivendi dos eleitores, como Aristóteles fazia com seus pupilos (doutrina peripatética). O convívio com a realidade poderia prestar grande auxílio a nós outros.

Incomoda-me o fato de apenas agora Sua Exª. Luiz Inácio da Silva percorrer o país. Ele deveria ter feito isso quando foi eleito, para agradecer. No entanto, o “aerolula” preferiu pousar, durante uns dois anos, em terras estrangeiras.

Praticamente às vésperas das eleições é que o presidente resolve dar o ar de sua graça. Óbvio que a campanha para 2006 está sendo antecipada. Caso a CNBB negue uma antecipação de campanha eleitoral ela talvez falte com a verdade. Caso silencie a respeito dos fatos estará sendo omissa. Católicos aguardam ansiosos. Afinal, convenhamos, é uma opinião de peso.

Pelo que vi em Belo Horizonte por detrás das grades colocadas na rua, o tom foi de pura campanha. A fuga pelos fundos do Sesiminas ao final do blablablá político partidário deixou claro que o povo belo-horizontino está dividido. Caso ele tivesse saído pela porta da frente, seria “ovocionado”, apesar do aparato policial, não restam dúvidas.

No momento em que aquele que foi eleito resolver administrar o país poderemos ter noção do que é governar. Caso contrário continuaremos vivendo sob a égide do regime parlamentarista sem nele ter votado. A mim me parece que existe um chefe de honra nos brasis cujas tarefas são: viajar, discursar e inaugurar placas e planos.

É o estilo petista ou lulista de governar? Nessas horas lembro-me das palavras do poeta Pablo Neruda: “Se desapareço, apareço com outro olhar: é a mesma coisa. Sou um herói imperecível: não tenho começo nem fim e a minha moral consiste num prato de peixe frito.”.

Em tempo: O que se faz com um prato de peixe frito?

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Para as ruas já. Fora lulla e Pimentel.Vamos fazer uma grande manifestação com as caras pintadas exigindo impeachment já. Cassação do pimentinha almofadinha,e a continuidade da hemorragia do pt.Vamos convocar os servidores municipai para o dia 17/8/05. Conlutas, dia nacional de lutas pelas nosso reajuste.Vamos assinar o atestado de óbito do pt

10:39 PM  

Postar um comentário

<< Home