domingo, junho 05, 2005

VAMOS NOS FORTALECER AO INVÉS DE ESMORECER!

Colegas, gostaria de dizer o seguinte: A PBH realmente não se curvará a uma minoria e muito menos a uma minoria desanimada desa forma.

Não creio que o fim do movimento deve ser assim, penso que o melhor é continuar o movimento e sair às escolas conversando com os que estão trabalhando, pois se eles concordam com a situação salarial, de condições, e a tesoura da PBH sobre nossas reuniões, tudo bem, paramos o movimento e voltamos a trabalhar de cabeça baixa.

Mas se eles discordam da posição da PBH, por que estão trabalhando? São essas pessoas que recebem os salário de R$2,200 reais por apenas um turno, né? (como nosso colega disse na assembleia que a PBH estava enviando essa informação em carta aos pais de uma escola em geve). São esses colegas que tiveram salário inicial de R$1.660, né?

Como acredito que não, vamos convidá-los a sair da sala e vir para a rua.Vamos engrossar o movimento e mostrar à prefeitura que temos força e exigimos respeito, não voltar às salas e aceitar a condição...Concordo que o quadro de paralisação não está legal, mas se cada um de nós que estamos em greve conseguir trazer mais um colega pra luta, venceremos, sim!

E mais, se esse movimento crescer essa semana a PBH terá de se curvar diante da nossa força. Mas para isso acontecer temos que ir à luta. Ficar em casa reclamando também não dá, né? Vamos ligar para nossos amigos, visitar nossas escolas ou as outras da nossa região, vamos construir a nossa vitória!

Cristiane - EMML

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

jÁ PASSOU DA HORA DE TERMINARMOS A GREVE.

8:28 AM  
Anonymous Cícero Macêdo said...

Cara Colega Cristiane, Não dar para Continuar... os números não mentem.
Mas podemos fazer outros tipos de manifestações Na Escola, depois nos espaços Públicos de maneira aglutinadora com a Comunidade.
Quero sugerir ao Sind-UTE uma contratação de uma Empresa de Marketing para tornar nossos manifestos mais profissionais e sem a idéia da Política Partidária..
Abraços Fraternos
Cícero Macêdo

9:29 AM  

Postar um comentário

<< Home