quinta-feira, junho 02, 2005

TEORIA E PRÁTICA

Teoria é uma coisa e pratica é outra. Reitero a questão da responsabilidade dos condutores desse movimento. Falar na Assembleia, defendendo o fim de um movimento que não obteve o resultado desejado não é fácil. Agora, usar a categoria para apenas inflingir um ônus político no PT, através do corte de ponto, não é certo . Como fica ai o sofrimento e o desgaste individual daqueles que serão atingidos, pois a grande maioria da categoria não será afetada por não ter aderido ao movimento; e nem serão afetados os membros da direção do Sindicato.