quinta-feira, maio 19, 2005

PE NO CHÃO

COLEGAS
O MOVIMENTO GREVISTA É UMA FORMA LEGÍTIMA DE PRESSÃO. NÃO PODEMOS ESQUEÇER, ENTRETANTO, QUE ESTE RECURSO DEVE SER BEM AVALIADO E DEVE SER PRECEDIDO DE UMA PREPARAÇÃO POLITICA. ENTENDO QUE A NOSSA GREVE NÃO ESTA BEM ARTICULADA POLITICAMENTE, ALEM DE NÃO TER UMA ADESÃO SIGNIFICATIVA DENTRO DA CATEGORIA. NESTE CASO O RESULTADO TENDE A SER NEGATIVO. TEMOS QUE PENSAR NO AMANHÃ E NO NOSSO DESGASTE JUNTO A COMUNIDADE. DEVEMOS TOMAR AS NOSSAS ATITUDES UTILIZANDO A RAZÃO E NÃO A EMOÇÃO. CONCLAMO AOS COLEGAS DO SIND-UTE MUNICIPAL QUE REFLITAM SOBRE A RESPONSABILIDADE SOCIAL QUE PESA NOS OMBROS DE CADA UM, SEJA COM RELAÇÃO À COMUNIDADE, SEJA COM RELAÇÃO A NOS, PROFESSORES, QUE PODEREMOS SER PREJUDICADOS, POIS SOMOS UMA MINORIA EM GREVE, COM CORTE DE SALÁRIOS E OUTAS MEDIDAS DE CUNHO ADMINISTRATIVO.

10 Comments:

Anonymous Anônimo said...

ô gestor disfarçado, vê se te enxerga: você teve 59% de reajuste e nós nada, seu pelego!!!

2:05 PM  
Anonymous Anônimo said...

ô gestor disfarçado, vê se te enxerga: você teve 59% de reajuste e nós nada, seu pelego!!!

2:05 PM  
Anonymous Anônimo said...

O comentario acima demonstra a falta de seriedade de um colega. Reitero as minhas impressões.

2:59 PM  
Blogger Nós professores said...

Afinal de contas !! vc é Gerente ou não é ?

4:50 PM  
Anonymous Anônimo said...

Nunca falei tão sério em minha vida e reitero o que disse anteriormente: ô gestor disfarçado, vê se te enxerga: você teve 59% de reajuste e nós nada, seu pelego!!!

4:56 PM  
Anonymous Anônimo said...

REITERO O JÁ DITO, SERIAMENTE REEDITO E EDITO:

O Pelego

Lá vai o pelego,
usando viseira,
morrendo no emprego,
arrastando a coleira.

Vai rindo da gente,
mas de cabeça pra baixo,
o ser subserviente,
da história, o capacho.

De índole servil,
ensina a lição,
que ao peito varonil,
cabe a resignação.

De sujeito a objeto,
empurra, assim, a vida,
no conflito, fica quieto,
não vê mais saída.

Como educa o pelego,
no interior da escola,
com o discurso do medo
e pedindo esmola?

Na sombra,acovardado,
terá,mesmo, sossego,
escondido e coitado,
o velho e pobre pelego?

ô gestor disfarçado, vê se te enxerga: você teve 59% de reajuste e nós nada, seu pelego!!!

5:08 PM  
Anonymous Anônimo said...

O texto Pé no Chão demonstra equilíbrio e bom senso. Às vezes fica difícil ler comentários destemperados e desrespeitosos. Que tipo de pessoas são essas que compõem a categoria?

8:10 PM  
Anonymous Anônimo said...

Concordo com o comentario do Colega, que deve ser respeitado.

10:36 AM  
Anonymous Anônimo said...

EU CONCORDO INTEIRAMENTE COM O PRIMEIRO COMENTÁRIO E CREIO, COMO SEU AUTOR, QUE O TEXTO GERADOR DO MESMO FOI ELABORADO NOS GABINETES DAS GEREDS E/OU NA SEMED, POR GENTE QUE NÃO ESTÁ NAS SALAS DE AULA HÁ MUITO TEMPO E AO CONTRÁRIO DE NÓS,REALMENTE EDUCADORES, ESTÁ MUITO FELIZ COM SEU REAJUSTE SALARIAL (59%, ISTO MESMO, CINQUENTA E NOVE POR CENTO). SE QUEREM RESPEITO SENHORES G1, G2 E G3 É CADA UM NA SUA: EM GREVE DE NHAMBÚ, JACÚ NÃO PIA.

12:56 PM  
Anonymous Anônimo said...

Que tipo de pessoa recebe feliz em seu contracheque um reajuste de 59% e fecha os olhos para os irmãos e irmãs de profissão que não tem sequer uma proposta salarial?

Falar disto lhe ofende? Ofendidos estamos nós com a realidade dura das salas de aula e com a frieza repleta de vazio de nossas contas bancárias.

Muito ofendidos continuamos nós, com o esvaziamento da verdadeira educação e pela sua substituição por práticas meramente recreativas, ilusórias, como se o simples brincar pudesse criar ou desenvolver as conciências, como se o simples dançar aché(como bem denunciou um colega) pudesse formar cidadãos e cidadãs.
Lembram-se que o "hino" inicial (e depois esquecido) da Escola Plural era o "hilariê" da Xuxa?

Ofendidos literalmente estão os companheiros e companheiras agredidos, física e moralmente, pelos GMP.

Concordo com o teor e entendo o tom de cada comentário que criticou o texto entitulado "pé no chão". Creio que o/a colega(?) que o escreveu deva re(?)colocar os pés no chão... da sala de aula de uma escola pública.

Ética, cadê você?

Ao contrário dos que escolheram o anonimato: Professor Geraldinho de Paula Corrêa (IMACO - terceiro turno).

1:14 PM  

Postar um comentário

<< Home